Pular para o conteúdo principal

Coleção de roupas DiCorpo inspirada no Vale do Fogo



Além de antecipar as tendências da estação, a empresa também apresenta novidades em tecidos, cores e estampas que fazem parte da Coleção Outono 2016.
    A liberdade desconhece fronteiras. Através desta perspectiva a DiCorpo buscou inspiração e aventurou-se no emblemático Valley Of Fire em Nevada, EUA, para apresentar sua mais recente coleção. O cenário desértico do local deram o contraste necessário para destacar formas e cores dos lançamentos da marca.
    As peças contam com inovações em texturas como o Devorê Renda, Jeanx e Crepe Light. Os shapes possuem diversas formas e detalhes, com destaque para super golas, mullet, cós modelador entre outros.

    A cartela de cores está repleta de novidades e as estampas foram elaboradas em cima do local de inspiração desta coleção. Com base nas tendências das passarelas internacionais a geografia foi trabalhada e aplicada à roupa na coleção de Outono, em livre associação ao Vale do Fogo. Esta tendência se faz presente nas estampas Valley e Erosão. Os dois grafismo revelam as linhas sinuosas das rochas do Vale, que se formam a partir da erosão do vento. Destaque também para as estampas Rupestre e Fragmentus, influenciadas pelas tendências dos padrões marmorizados da estação e inspiradas nos petroglifos – inscrições gravadas nos paredões do Vale do Fogo, por nativos da região.

A tendência “Lettering” continua em alta para o Outono. Esta técnica gráfica consiste em combinar formas e palavras que evidenciam e estimulam a prática de exercícios e de uma vida saudável.
    A marca lança anualmente quatro coleções para vestir mulheres e homens durante as atividades físicas e do dia a dia, visando ao máximo o conforto, a performance e funcionalidade.
    O Vale do Fogo, com sua beleza e energia singular, ilustra os desejos desta coleção: Aventura! Contemplação! Atitude! Reconexão! Além de antecipar as tendências da estação, a empresa também apresenta novidades em tecidos, cores e estampas que fazem parte da Coleção Outono 2016.



    A liberdade desconhece fronteiras. Através desta perspectiva a DiCorpo buscou inspiração e aventurou-se no emblemático Valley Of Fire em Nevada, EUA, para apresentar sua mais recente coleção. O cenário desértico do local deram o contraste necessário para destacar formas e cores dos lançamentos da marca.
    As peças contam com inovações em texturas como o Devorê Renda, Jeanx e Crepe Light. Os shapes possuem diversas formas e detalhes, com destaque para super golas, mullet, cós modelador entre outros.
    A cartela de cores está repleta de novidades e as estampas foram elaboradas em cima do local de inspiração desta coleção. Com base nas tendências das passarelas internacionais a geografia foi trabalhada e aplicada à roupa na coleção de Outono, em livre associação ao Vale do Fogo. Esta tendência se faz presente nas estampas Valley e Erosão. Os dois grafismo revelam as linhas sinuosas das rochas do Vale, que se formam a partir da erosão do vento. Destaque também para as estampas Rupestre e Fragmentus, influenciadas pelas tendências dos padrões marmorizados da estação e inspiradas nos petroglifos – inscrições gravadas nos paredões do Vale do Fogo, por nativos da região.
A tendência “Lettering” continua em alta para o Outono. Esta técnica gráfica consiste em combinar formas e palavras que evidenciam e estimulam a prática de exercícios e de uma vida saudável.
 A marca lança anualmente quatro coleções para vestir mulheres e homens durante as atividades físicas e do dia a dia, visando ao máximo o conforto, a performance e funcionalidade.
    O Vale do Fogo, com sua beleza e energia singular, ilustra os desejos desta coleção: Aventura! Contemplação! Atitude! Reconexão!

Para mais informações acesse o site da marca: www.dicorpo.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por que NÃO comprar ou vender no enjoei.com.br ?

Olá meninas,

Esse post é pra falar sobre o site Enjoei . Pra quem não conhece é um site que você compra e vende o que você quiser mas é principalmente usado por pessoas que vendem roupas, bolsas, acessórios e sapatos usados.
Você que estava interessado em comprar ou vender no site, ou já vende e compra, eis aqui uma lista de pontos negativos do site que o tornam nenhum pouco atrativo:



1º - TAXAS ABSURDAS  - Esse ponto é tanto ruim para quem compra quanto para quem vende. Por que? Comprador, você sabia que o vendedor tem que pagar uma taxa 20% sobre cada venda mais um valor fixo de R$2,15? Além disso, o vendedor tem que pagar mais uma taxa para sacar o dinheiro para sua conta bancária. Então, você que se perguntava porque os produtos no Enjoei custam tão caro agora já sabe: é porque os vendedores tem que colocar esse percentual a mais sobre o custo dos seus produtos. Esse percentual é mais caro que anunciar em sites como Mercado Livre por exemplo, que mesmo em anúncios que oferecem maio…

Okara: Como aproveitar essa maravilha!!!

Olá Garotas!!
Bem, como havia prometido reuni algumas receitas feitas com o Okara.
Nossa, e o que é Okara?????
Bem, quem acompanha o Garimpo Democrático leu a postagem que fiz sobre o Tofu feito em casa e, lá percebeu que fica um "resíduo", uma "sobra" no paninho em que se coa a soja triturada. O popular bagaço mesmo!
Bem, o mais interessante é que esse "bagaço" é muuuito nutritivo e jogá-lo no lixo seria um atentado contra a alimentação saudável e nutritiva que procuramos ter hoje em dia.
***Vamos as informações nutricionais do Okara  (por 100 g):
Energia: 77 kcalProteínas: 3,22 gTotal de gorduras: 1,73 gGorduras saturadas: 0,193 gGorduras monosaturadas: 0,295 gGorduras polisaturadas: 0,755 gHidratos de carbono: 12,54 gFibras: 7,8gCálcio: 80 mgFerro: 1,30 mgMagnésio: 26 mgPotássio: 213 mgSódio: 9 mgZinco: 0,56 mgCobre: 0,200 mgManganês: 0,404 mgSelénio: 10,6 mcgVitamina B1 (tiamina): 0,020 mgVitamina B2 (riboflavina): 0,020 mgVitamina B3 (niacina): 0,100 mgV…

Pensando em fazer uma rinoplastia ou retirada das amígdalas?

Olá meninas,

Assim como eu, muitas mulheres estão insatisfeitas com alguma coisa no seu corpo e sonham em fazer uma cirurgia plástica para realizar tal mudança.
Muitas pessoas no entanto ficam naquela de faço ou não faço por medo do pós-operatório, ou tem dúvidas quanto aos ricos que envolvem certa cirurgia, sendo estética ou não.

Pois eu nos últimos meses fiz uma amigdalectomia (retirada das amígdalas) e rinosseptoplastia (é a rinoplastia + correção de desvio de septo). Criei um blog, o PÓS-OPERATÓRIO DA BETA relatando o meu pós-operatório.
Quem tiver algum dúvida em relação a estas cirurgias é só dar uma passada lá. Quem já fez também podemos compartilhar experiências, trocar ideias, etc.

Olha que coisa mais linda! sqn...

PÓS-OPERATÓRIO DA BETA
http://posoperatoriocirurgia.blogspot.com.br/


Beijos
Roberta