terça-feira, 30 de agosto de 2011

Avatar

UNHAS - Problemas que podem aparecer...

Olá a todas as meninas e meninos que adoram cuidar bem da saúde! Hum...acho que quis dizer - OLA A TODOS!
Hoje vamos dar uma faladinha sobre nossas unhas, afinal unha forte é sinal de saúde! Vocês já devem ter escutado inúmeras histórias sobre o aspectos das unhas, a maioria crendices claro.  Há quem acredite que as manchinhas, que surgem de uma hora para outra, significam a chegada de boas-novas, ou que as mesmas manchinhas sejam equivalentes a proporção de mentiras que contamos.
Lendas à parte, a verdade é que essas marquinhas querem nos avisar  algo muito importante, e diz respeito a nossa saúde. 
As unhas que apresentam alguma alteração em seu aspecto podem sinalizar desde a falta de nutrientes, estresse e micoses até problemas mais sérios, como cirrose hepática, insuficiência renal.
Na maior parte das vezes, as manchinhas esbranquiçadas e pequenas são resultado de batidas leves que provocam pequenos traumas e não são preocupantes, mas não custa ficar de olho. Abaixo vamos ver alguns exemplos de alterações na unhas e o que podem significar para nossa saúde. Gosto de ressaltar que este post é para esclarecer dúvidas genéricas, nunca deixe de visitar seu médico ok?

Manchas esbranquiçadas:
Anemia, carência de zinco e proteínas, dermatites de contato (alergias a esmaltes, sabões, detergentes...), psoríase, micoses, intoxicação por metais pesados, insuficiência renal.






Manchas amarelas ou unhas amareladas:Freqüentes em fumantes, também indicam uso crônico de antibióticos, ingestão em excesso de betacaroteno (precursor da vitamina A, encontrado em cenoura, beterraba, mamão...), diabetes, micoses e males do fígado.








Arroxeadas:
Micoses, tumores, uso de remédios coagulantes, males cardíacos, lupus eritematoso.

Esverdeadas ou com inchaços, vermelhidão e dor que se expande ao redor dos dedos:
Infecções bacterianas e micoses.




Metade branca, metade avermelhada:
Problemas renais.





Faixas negras:
Disfunções hormonais, micoses, tumores na matriz ungueal, câncer de pele (melanoma).





Fracas, secas, quebradiças, com tendência à descamação:
Falta de cálcio, além de zinco e vitaminas A, B e E, nutrientes que constituem a unha. Anemia, hipotireoidismo.



Amarelada, espessa e sem crescimento:
Distúrbios pulmonares.





Ondulações, que, no caso das mulheres, ficam aparentes mesmo com duas camadas de esmalte:
Geralmente indicam traumas (a espátula de empurrar cutícula é usada com força). E ainda: anemia e doença cardíaca ou pulmonar






Então?! Está na hora de consultar um médico? Não custa nada cuidar das nossas unhas queridas e consequentemente da nossa saúde como um todo.
Próximo post da série unhas: Como fazer o auto exame e o que não fazer com suas lindas unhas!
Abração a todas e nada de roer as unhas!

Fontes de pesquisa:

3 comentários:

Lulitas disse...

Que post super útil Tita! Muito bom!!! bjs

Coisas de dondoca disse...

Várias partes do nosso corpo alertam sobre a nossa saúde: unhas, língua , pele . Precisamos estar atentas ! Muito bom esse artigo! Bjkas !

Edna disse...

E o que está acontecendo quando a unha (não todas) apresentam linhas na vertical (ao longo dos dedos), como se fossem marcas na areia? Já li em algum lugar que era deficiênia de alguma coisa, mas só agora o problema se manifestou.

Postar um comentário

Dicas: Procurem comentar quando estiverem logadas. Lembrando que as top comentaristas do mes terao seus banners divulgados no blog.

Related Posts with Thumbnails

Minha lista de blogs