quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Avatar

Como mimar minhas roupas?

Olá meninas! Hoje vou postar aqui um assunto que muitas vezes a gente passa "batido" mas que tem muita importância pra todas nós que nutrimos tanto carinho por nossas roupitchas e de mais importância ainda para aquelas que são donas de brechós e querem repassar as roupas que já enjoaram ou que já não usam mais o mais impecável possível para sua clientela . Não existe nada mais agradável pra compradora quando compra e recebe uma peça de roupa de segunda mão que foi tratada com cuidados, mimos e atenção. O melhor de tudo quando é uma peça tão bem conservada que a gente chega a pensar que é nova. Por isso aí vão algumas dicas e truques pra deixar nossas roupas sempre com cara de novas e também para conseguirmos que ela reste um longo tempo de existência conosco ou futuramente com uma nova dona (no caso das brecholeiras).

Foto: © John-Francis Bourke/zefa/Corbis


Ter cuidados na hora de lavar e guardar as roupas é fundamental para que estejam sempre bonitas. E nem sempre elas devem ser limpas em casa. Existem peças que, se não forem lavadas por um sistema profissional, podem manchar, encolher e até mesmo perder sua forma. O ideal é levar para a lavanderia as peças de couro, vestidos de festa (que muitas vezes precisam ser lavados a seco, devido a pedrarias e brocados), tecidos com rendas ou bordados e ternos.
Tecidos Naturais

Algodão: não suporta temperaturas muito elevadas na lavagem, pois pode encolher; deve ser lavado separadamente na primeira vez; é bastante resistente ao ferro.
Vantagens: fresco, flexível, resistente; pode ser lavado vezes sem conta.
Desvantagens: não fixa bem as cores, o que leva ao desbotamento no caso de altas temperaturas na lavagem; as cores também vão perdendo a sua força com o passar do tempo; tem uma maior tendência para amarrotar-se.

Lã: não suporta temperaturas muito elevadas na lavagem, pois pode encolher; a secagem só pode ser feita com a peça de roupa deitada na horizontal, se for pendurada pode deformar-se.
Vantagens: muito quente e aconchegante; grande poder de recuperação, ou seja, não amarrota facilmente.
Desvantagens: tem uma maior tendência para perder a cor e ficar amarelada.

Linho: apesar de ser altamenteresistente ao ferro, requer cuidados especiais na hora da lavagem – esta deve ser sempre feita à mão, evitando-se, por completo, as temperaturas muito elevadas e a centrifugação.
Vantagens: fresco e agradável quando em contacto com a pele; muito resistente à sujidade.
Desvantagens: grande tendência para se amarrotar.

Seda: embora não pareça, este é um tecido resistente, mas apenas quando for manuseado correctamente – na lavagem deve evitar-se, por completo, as temperaturas muito elevadas e a centrifugação; no caso de existirem nódoas deve ser levada à lavanderia; a engomagem deve ser feita sem vapor e sempre a baixas temperaturas.
Vantagens: leve e agradável quando em contacto com a pele; fixa bem as cores.
Desvantagens: pouco resistente às lavagens e ao suor.

Tecidos Artificiais: Acetato, rayon e viscose: na lavagem deve evitar-se, por completo, a centrifugação para evitar a deformação da peça.
Vantagens: têm um toque sedoso, tornando-os agradáveis quando em contacto com a pele; fixam bem as cores.
Desvantagens: a sua resistência é menor quando estão úmidos; ardem com facilidade e acumulam electricidade estática.

Tecidos Sintéticos: Poliéster, nylon e lycra: como são bastante sensíveis ao calor, devem evitar-se as temperaturas muito elevadas na lavagem, optando-se antes por água tépida; o mesmo aplica-se na hora de engomar, que deve ser feito sem vapor e a baixa temperatura.
Vantagens: altamente resistentes, amarrotam-se pouco e fixam bem as cores.
Desvantagens: ardem com facilidade e acumulam electricidade estática.

Dicas infalíveis para roupa impecável

• Não deixe a roupa suja “esperar” muito tempo antes de ser lavada.
• Na hora da lavagem, certifique-se que esvaziou os bolsos, desapertou todos os botões, levantou as golas e colarinhos da roupa.
• Regra geral, as temperaturas muito altas não beneficiam os tecidos. Sempre que possível, lave a roupa com água fria; em contrapartida, respeite sempre as etiquetas do vestuário, não excedendo a temperatura de lavagem indicada.
• A água sanitária desgasta as fibras dos tecidos, prefira antes produtos branqueadores.
• No caso de tecidos delicados, opte por detergentes neutros.
• Detergente em excesso pode provocar nódoas na roupa.
• Uma máquina muito cheia não vai lavar eficazmente.
• A roupa de cor não deve ser estendida ao sol ou exposta a ventos muito fortes, devido ao possível desbotamento das cores.
• Na hora da secagem, a roupa mais pesada deve ser dobrada para evitar deformações.
• Se a roupa for seca num estendal dentro de casa, deve existir uma corrente de ar.
• As malhas devem ser secas sobre um toalha, pousada numa superfície plana, longe da luz solar direta e de aquecedores.
• Vestuário que contenha forros ou entretelas deve ser sempre limpo a seco.
• Não tente tratar de nódoas difíceis, leve a peça à lavandaria o mais depressa possível.
• Na hora de engomar, deve começar por passar a ferro as peças que exigem uma temperatura mais baixa primeiro, aumentando gradualmente a temperatura. Se estiver constantemente a alterar a temperatura terá de esperar que o ferro aqueça ou esfrie, (gastando tempo e electricidade), e pode ainda enganar-se e danificar alguma peça de vestuário.
• A engomagem é facilitada se a roupa estiver ligeiramente úmida.
• Antes de guardar o ferro, ou seja antes que ele esfrie, prepare-o para a próxima utilização, eliminando qualquer sujeira da sua base com ajuda de um pano úmido

E você? Tem alguma dica preciosa escondida embaixo da manga quando se trata de cuidar das suas roupas? Não quer dividir com a gente? Fique à vontade....

Un gros bisou e até a próxima meninas!!!

Luciana
BAZAR DAS LULITAS ♥

11 comentários:

Princesa Bazar disse...

Eu não costumo pendurar minhas roupas com grampos para não ficar a marquinha e também para não deformar(é uma diquinha básica, porém não menos imporante). Outra diquinha: é não usar amaciante em roupas brancas, porque com o tempo amarela. Costumo usar o "OLA" tradicinal (rosinha) para lavar roupas delicadas e para peças brancas sabão em pó de Côco UFE.
Bjus... Ana
http://princesabazar.blogspot.com/
Bjus... Ana
http://princesabazar.blogspot.com/

Amanda Luna disse...

Cada dica legal... e adorei as vantagens e desvantagens dos tecidos!!!
beijuuu
www.sermulhereomaximo.com.br

VERÔNICA disse...

Também adorei as dicas!!!! Agora, ainda tem roupa que precisa ser engomada? Pensei que fosse coisa do passado... Me dá uma luz?

bjs

brechoparaquemechic@bol.com.br

**Love Laces** disse...

Adorei!!!
Também sou adepta do Ola, principalmente
em roupas escuras, não deixa marcas.
Bjocas

Rosangela disse...

Opa! Gostei muito do post! Aprendi muitas dicas de como cuidar da minha roupa e gostei também das dicas da Ana do Princesa Bazar( não sabia que amaciante amarelava roupas brancas)! Muito ,muito lega! Parabéns pelo post!bjs,

Coisas de dondoca disse...

Adorei as dicas . Bjkas . Boa a do amaciante .

Aninha disse...

Adoreeei!!!!

Não sou muito boa em lavar roupas. Na verdade, MORRO de medo de estragá-las...

esse post já está copiadissimo nos meus arquivos!!

Lulitas disse...

Que bom que é um post útil pra todas vcs meninas...
Pois é Verônica, tem gente que ainda faz, eu particularmente não tenho roupas que precisem, mas como nunca se sabe os gostos de todas ou todos #ficaadica!!! ;-)
Bjks

Beth Mello disse...

Ótimas dicas!!! tbém não sabia do amaciante em roupas brancas....vou prestar mais atenção nisso.
Muito bom esse post!!!
Bjinhosss
Beth Mello
www.bethmello-brecho.blogspot.com

As Senhoritas... disse...

MUito boa as dicas mesmo!!!
Adorei...

Beijãoo
http://senhoritasbazar.blogspot.com

Ambiente Bazar disse...

Um dos melhores e mais úteis post que já vi por aqui .
meus parabéns !!

Postar um comentário

Dicas: Procurem comentar quando estiverem logadas. Lembrando que as top comentaristas do mes terao seus banners divulgados no blog.

Related Posts with Thumbnails

Minha lista de blogs