Pular para o conteúdo principal

Moda pra gente como a gente: Neon

Neon2Fashion Trends & Styles - Polyvore




Se eu estiver em um dia bom, talvez eu fique apenas irritada ao entrar num desses sites que reúnem fotos de produções fashion  de "gente normal" como lookbook.nu ou chictopia. 

Mas o mais provável é que eu fique mesmo indignada com as produções de moda e as fotos lá postadas.

Em geral eu entro nestes catálogos de moda informais com uma dúvida bem clara e em busca de idéias e soluções para dilemas existenciais de suma importância que nos perseguem (especialmente quando temos um prazo de monografia ou um tanque de roupa para lavar) tais como: "Como usar cintura alta sem que os seios pareçam maiores?" ou " Como escolher a cor do cinto de modo a parecer mais magra?" ou ainda: " Como misturar estampas de maneira discreta?".

E saio com duas certezas:

1. Ninguém que é estiloso trabalha e/ou
2. Ninguém que é estiloso tem filhos.

Porque, gente, vamos falar a verdade aqui. Não dá pra correr atrás das crianças e se sentir muito adequada para uma reunião de trabalho usando óculos da Ugly Betty e misturando sapatos tipo oxford de salto com meias 3/4. Daí fico sempre com aquela frustração me perguntando: Tem tanta coisa linda pra gente vestir, novas tendências, inspirações criativas,  belezuras, mas como trazer isso pra vida cotidiana? 
De que vale tudo isso se continuamos a sair para trabalhar com nosso terninho preto de tecido sintético e nossa camisa branca de seda todo-santo-dia?

A impressão que dá é que ou você vive ou se veste bem.

E eu, do fundo do meu coração fashionista, não acho que tenha de ser assim. Aliás, discordo completamente disso. Eu quero mesmo é estar bonita, moderna e adequada na padaria às 7 da manhã e mais, acho que isso é possível. Exige uma certa ousadia e uma dose de esforço mental- ou você acha que se vestir também não é um trabalho de criação?- mas é possível.

Para levantar a bandeira de moda para usar MESMO, pesquisei um pouco sobre uma tendência que adoro desde criança: as roupas de cores fluorescentes. São lindas, chamativas, lúdicas mas o problema delas é justamente este: como usá-las sem parecermos infantis ou loucas saídas direto do túnel do tempo?

Busquei imagens que mostrassem estas cores em visuais mais sérios que, com algumas adaptações, podem acender o nosso terninho de todo dia. No meio da pesquisa me surpreendi descobrindo que ao contrário do que indica a dica óbvia, de mesclar os tons neon com cores básicas como preto ou cinza para o dia-a-dia, usar tons fluor ao lado de tons pastéis ou nude é uma excelente pedida, confiram:

Neon 1Fashion Trends & Styles - Polyvore


 E então,vamos oUSAR?







www.oquenaoeessencial.blogspot.com

Comentários

  1. Adoro acessórios chamativos!! Acho que dão um toque lindo no visual. Mas roupa mesmo, blusa e calça não consigo usar. Engraçado né?? Acho que gosto do contraste que a roupa escura ou neutra, como são os casos apresentados no post fazem!! E concordo plenamente com a primeira parte do post. Vá fazer uma maquiagem complicadíssima ou colocar um saltão de 15cm quando você tem que acordar, fazer o café do filho (fazer ele comer pra ser mais exata), enfrentar o trânsito, deixar o filho na escola e ainda ir trabalhar! Eu mesma quando dá tempo de pentear o cabelo é uma sorte terrível. Dou um jeito nos acessórios mesmo, acho que é o grande diferencial numa produção, seja ela qual for =) Beijo, Tati

    ResponderExcluir
  2. Olha concordo com vc , já comprei tanta coisa que infelizmente não deu para adaptar no cotidiano.
    E mais um tópico que vc pode colocar na sua lista de não dá para ser estiloso (a), pessoas sem dinheiro.
    è sério acho lindo mulher estilosa aquelas que marcam a onde chegam e conheço várias , mas todas são ricas o que possibilita a compra das peças e a montagem de um look completo.
    Bjos
    Sarah

    ResponderExcluir
  3. ai flor... me sensibilizei com o seu texto...
    não tenho filhos, mas tenho uma vida bem corrida tb... eu tb tenho uma mente fashionista e gostaria de me vestir melhor, mais descolada...
    mas qd acordo cedo, sabendo que pegarei busão e andarei pacas na UnB e para almoçar, e para cursinho (pq uma coisa é certa: em Brasília vc anda pacas, onde tudo parece perto é longe pra caramba!) e acabo desanimando de ousar mais combinações... como de manhã faz frio e no meio do dia faz muito calor e à noite faz frio, acabo com calça jeans, t-shirt e tênis ou sapatilha... o máximo que tento é ousar nesses acessórios básicos...
    mas o que amo é um vestido com meia-calça e ankle; shorts sapatilha e blusinha com colete...
    bom, vontade não me falta...

    tem vez que me desanimo com vontade de fazer mais pelo meu estilo, jeito de vestir... mas vou dando uns jeitos, rss! Pelo menos na hora de sair no findi eu aproveito!

    ResponderExcluir
  4. Oi Deise, pois é, também acho importante levar em consideração a nossa localização geográfica e estilo de vida. Em Brasília tem isso do frio de manhã e o calorão do meio dia que aumenta porque a gente anda muito mesmo.
    Também já andei muito na UnB, aff, só de lembrar da secura já me canso.
    Mas acho que a gente tem que comprar essa causa do estilo pra vida real: vou pensar em idéias executáveis para as brasilienses fashion da vida real!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Concordo com vc Maura. os looks saõ sempre muito montados e fogem da naturalidade do cotidiano. adorei os que vc propôs.
    bjs Erika

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você! Poxa, existem acessórios e roupas maravilhosos, mas que simplesmente não se encaixam no nosso cotidiano. O melhor é ser básica, e ousar em momentos especiais.

    Adorei o seu blog! Tanto, que aproveito para te convidar para participar de um super sorteio que está rolando no meu blog. Vou adorar se você participar.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu também não tenho filho, porém isso não quer dizer que a minha vida não seja corrida, tenho horário pra tudo, preciso acordar cedo para ir trabalhar, tenho casa e marido para cuidar etc etc, pois quem é dona de casa, é assim mesmo tudo corrido. Eu adoro me arrumar e pelo menos uma vez na semana, tirando os finais de semana é claro, eu me arumo toda... com saltão, meia, vestido, um cinto bonito ou lenço, casaco. mas tudo isso realmente não condiz com o dia a dia de quem precisa pegar ônibus e andar horrores. Graças a Deus não preciso andar de ônibus e dessa forma consigo colocar um saltão e me produzir toda semana.
    Bjus... Ana
    http://princesabazar.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Noção é essencial!
    Acho que gente normal deve usar só um detalhe e nada mais.
    Se encher de tendência é pra poucos, e ainda assim, muitos parecem fantasiados.
    A sabedoria já dizia: menos é mais!

    Beijo!

    Larissa da Costa
    http://vendominhamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Maura,

    Concordo com vc que se vestir bem trabalhando e com uma vida de gente normal é um pouco complicado, justamente por causa do tempo! Criar exige tempo, e nem sempre o temos...

    Gostei da combinação que colocou... ficou uma graça!

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Concordo com o que as meninas disseram e na minha opinião, ó básico é elegantérrimo! grandes produções só para ocasiões especiais!

    ResponderExcluir
  11. Eu concordo com algumas coisas, acho liiiindo ser estilosa, mas realmente, na correria da vida real fica um pouco dificil gente...
    Acho que o importante é se sentir bem, seja qual for o seu estilo e a sua capacidade financeira de comprar...!
    Beijos,
    Gi
    http://bazarmeudesapego.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Acredito que como a Gi disse: O importante é se sentir bem...Tem dias que vc está super fashion e quer dar um up no visual, daí dá seu jeito e se produz e pega o busão mesmo rsrsrs.

    ResponderExcluir
  13. Adorei o post, e concordo plenamente que algumas pessoas que trabalham e ditam estilos de moda não tem noção da realidade da nossa existência de "rélis mortais", quer seja pela imposição de determinados elementos , ou mesmo pelos preços exorbitantes ... Mas é importante frisar que não podemos ser escravas de determinados conceitos. Sendo assim, o melhor de tudo é poder extrair o que melhor se adapta ao nosso cotidiano . Um beijo .

    ResponderExcluir
  14. rsrsrsr é bom saber que eu não sou a única!!!! Bem, quem acompanha meu blog sabe que de tempos em tempos em venho me desapegando de alguns saltos porque é impossível correr atrás do meu filhote (fará 4 anos em 20-07)nos eventos sociais, pra não usar tênis, tenho usado uma bota sem salto de cano longo que uso com tudo... festinha country na sexta passada? Body, calça skinny, paletó xadrez estilo boyfriend e a BOTA!!! Festa de aniversário infantil? Vestido/sobrelegging, meia-calça/legging e a BOTA rsrsrsrrs

    Quem quiser conhecer o meu fofinho pode acessar http://www.youtube.com/watch?v=tK0SsD4xu1I
    que é um vídeo que meu marido postou no youtube ... o que meu filhote tem de fofo, tem de sapeca!!! rsrsr
    bjs

    brechoparaquemechic@bol.com.br

    ResponderExcluir
  15. Amei os looks, mas, concordo com todas...acho legal um acessório extravagante, um lenço colorido , bolsa neon, mas sempre com bom senso..usar e abusar em apenas um detalhe, para não parecer que saiu fantasiada...rsrs..Adoro ousar nos detalhes..
    bjinhosss
    Beth Mello
    www.bethmello-brecho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Veronica, amei o video do seu pequeno! Que lindo que fofo, aula de geografia pra muito marmanjo por aí ;-)
    Eu além de ter que pensar numa roupa que me possibilite correr atrás da minha filha ainda tenho que pensar em alguma que não engorde, aff...
    mas adoro vestido com legging e bota ( mesmo que engorde hehehe)
    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por participar!!

Postagens mais visitadas deste blog

Por que NÃO comprar ou vender no enjoei.com.br ?

Olá meninas,

Esse post é pra falar sobre o site Enjoei . Pra quem não conhece é um site que você compra e vende o que você quiser mas é principalmente usado por pessoas que vendem roupas, bolsas, acessórios e sapatos usados.
Você que estava interessado em comprar ou vender no site, ou já vende e compra, eis aqui uma lista de pontos negativos do site que o tornam nenhum pouco atrativo:



1º - TAXAS ABSURDAS  - Esse ponto é tanto ruim para quem compra quanto para quem vende. Por que? Comprador, você sabia que o vendedor tem que pagar uma taxa 20% sobre cada venda mais um valor fixo de R$2,15? Além disso, o vendedor tem que pagar mais uma taxa para sacar o dinheiro para sua conta bancária. Então, você que se perguntava porque os produtos no Enjoei custam tão caro agora já sabe: é porque os vendedores tem que colocar esse percentual a mais sobre o custo dos seus produtos. Esse percentual é mais caro que anunciar em sites como Mercado Livre por exemplo, que mesmo em anúncios que oferecem maio…

Okara: Como aproveitar essa maravilha!!!

Olá Garotas!!
Bem, como havia prometido reuni algumas receitas feitas com o Okara.
Nossa, e o que é Okara?????
Bem, quem acompanha o Garimpo Democrático leu a postagem que fiz sobre o Tofu feito em casa e, lá percebeu que fica um "resíduo", uma "sobra" no paninho em que se coa a soja triturada. O popular bagaço mesmo!
Bem, o mais interessante é que esse "bagaço" é muuuito nutritivo e jogá-lo no lixo seria um atentado contra a alimentação saudável e nutritiva que procuramos ter hoje em dia.
***Vamos as informações nutricionais do Okara  (por 100 g):
Energia: 77 kcalProteínas: 3,22 gTotal de gorduras: 1,73 gGorduras saturadas: 0,193 gGorduras monosaturadas: 0,295 gGorduras polisaturadas: 0,755 gHidratos de carbono: 12,54 gFibras: 7,8gCálcio: 80 mgFerro: 1,30 mgMagnésio: 26 mgPotássio: 213 mgSódio: 9 mgZinco: 0,56 mgCobre: 0,200 mgManganês: 0,404 mgSelénio: 10,6 mcgVitamina B1 (tiamina): 0,020 mgVitamina B2 (riboflavina): 0,020 mgVitamina B3 (niacina): 0,100 mgV…

Pensando em fazer uma rinoplastia ou retirada das amígdalas?

Olá meninas,

Assim como eu, muitas mulheres estão insatisfeitas com alguma coisa no seu corpo e sonham em fazer uma cirurgia plástica para realizar tal mudança.
Muitas pessoas no entanto ficam naquela de faço ou não faço por medo do pós-operatório, ou tem dúvidas quanto aos ricos que envolvem certa cirurgia, sendo estética ou não.

Pois eu nos últimos meses fiz uma amigdalectomia (retirada das amígdalas) e rinosseptoplastia (é a rinoplastia + correção de desvio de septo). Criei um blog, o PÓS-OPERATÓRIO DA BETA relatando o meu pós-operatório.
Quem tiver algum dúvida em relação a estas cirurgias é só dar uma passada lá. Quem já fez também podemos compartilhar experiências, trocar ideias, etc.

Olha que coisa mais linda! sqn...

PÓS-OPERATÓRIO DA BETA
http://posoperatoriocirurgia.blogspot.com.br/


Beijos
Roberta